10
AUG
2017

Vigário geral, representante do Clero e dos leigos acolhem Dom Luiz Ricci

Ao final da celebração Eucarística da apresentação de Dom Luiz Ricci, no dia 5 de agosto, no Ginásio Dom Bosco, dirigiram palavras de apreço e acolhimento ao novo Bispo Auxiliar de Niterói, o Padre Helcimar Sardinha, representando o clero da Arquidiocese, a senhora Kátia Domas, representando os leigos e o Padre Carmine Pascale, Vigário Geral da Arquidiocese de Niterói.

O Niterói Católico reproduz aqui a íntegra dos discursos:

Reverendíssimo Pai Dom José Francisco, querido Dom Alano, nosso Arcebispo Emérito, senhores Bispos, caros Padres, diletos consagrados e consagradas de nossa Arquidiocese, queridos leigos e leigas.

Amado Dom Luiz Antônio Ricci, ansiávamos há muito por sua chegada, não dias e meses, mas anos; mas dias meses e anos não podem contar a alegria que tomou conta dos nossos corações pela sua nomeação e ordenação, e hoje por sua chegada. Por mais zelo que tivesse e tem, nosso Arcebispo, e por mais solicitude que tenham os seus Vigários Episcopais  ajudando-o em seus desafios pastorais, a vasta Arquidiocese de Niterói necessitava também de outras mãos para o trabalho na vinha do Senhor. Fruto maturado da Diocese de Bauru, o Senhor foi, realmente, preparado por Deus para estar aqui nesta hora e com estas pessoas.

O Senhor é nossa florada de ipê amarelo, como nos falou Dom José, em sua ordenação Episcopal. Para este momento tão importante, quando abrimos nosso coração para o acolher, toda a Arquidiocese está aqui representada, com o seu clero, os seus consagrados e seus leigos.

Aqui está o Vicariato Niterói, entre as linhas de memória de Niemeyer e o sonho da nova Catedral, a sede da Arquidiocese que reúne monumentos históricos e arquitetônicos de grande valor. Uma bela paisagem urbana, com seus desafios e os seus problemas, mas sobretudo, com o povo de fé e de solidariedade, aberto ao futuro e ao novo de Deus, cidade sorriso. Niterói hoje sorri mais ainda, para o seu filho que chega.

Aqui está o Vicariato Oceânico, uma paisagem marinha cheia de recortes e cores, mar e montanhas, que nos apresenta a beleza de Deus e suas delicadas intervenções; ali cresce o povo e se fortalece, no amor e na vida cristã.

Aqui está o Vicariato São Gonçalo, terra quente do sol e do povo, que ama a Deus com ardor, lugar dos contrastes e da superação, rica, pastoralmente, com pessoas acolhedoras muito participativas e que adora uma festa.

Aqui está o Vicariato Alcântara, que se desdobra do Município de São Gonçalo, lugar do sol forte e do grande vai e vem dos seus trabalhadores, cheia de fiéis devotos e plenos do espírito, gente de fibra e de grande valor.

Aqui está o Vicariato Rural, um verde dos outros verdes, como nenhum outro campo, onde as montanhas gostam de brincar de se esconder entre os azuis e semiazuis, que vão do horizonte ao lugar onde fontes e sombreados prosperam.

Apesar das longas distâncias, aqui está um povo piedoso e dócil. Lá se encontra nosso Santuário Diocesano de Jesus crucificado, Aquele que abre os braços e o olhar para abraçar e ver todo aquele que cabe .

Aqui está o Vicariato Lagos, um céu azul sem precisar se arrumar, com som bom que se alarga em finos ventos, uma lagoa enorme que lembra o mar da Galileia, onde Cristo chamou seus pescadores. Ali, a gente não vê o virar das horas. Um lugar com grandes desafios da evangelização, por seu vasto território, mas de gente amiga, sedenta das coisas do céu e aberta ao Evangelho de Jesus. Querido Dom Ricci, a chegada do Senhor é um sinal inequívoco daquele Deus que fez maravilhas em ti, e que haverá de fazer outras maiores.

Tenha a certeza de que seus dons e sua vida serão sinais claros da misericórdia de Deus entre nós. Obrigado pelo seu sim ao Evangelho, a Igreja e a nós. Queremos hoje renovar nosso propósito de obediência e comunhão com nosso Arcebispo Dom José Francisco e com o Senhor, Dom Ricci, seu colaborador direto na ação pastoral desta porção do povo de Deus.

Junto as nossas tantas Paróquias da Arquidiocese de Niterói, nós, padres e diáconos, queremos ser com os senhores, uma Igreja discípula, missionária, samaritana, profética e ministerial. Que nossa mãe Auxiliadora o auxilie em seus passos, São João Batista rogue por si e por todas as verdades que o Senhor haverá de anunciar.

Seja bem-vindo, Dom Ricci, o clero de Niterói o abraça. Sua bênção!

Padre Helcimar Sardinha

Bom dia, Dom Luiz Antônio Ricci:

Venho aqui representando os leigos de nossa Arquidiocese, para dar-lhe as boas vindas!

Em primeiro lugar, queremos louvar a Deus pelo carinho, que através das mãos do Santo Padre, o Papa, o nomeou Bispo, e para nossa alegria Bispo auxiliar em Niterói.

Em segundo lugar, agradecer-lhe pelo seu serviço e pelo seu sim.

Juntos, pastorais e movimentos, fortalecidos pelo poder do Espírito Santo, queremos firmar um compromisso de obediência, dedicação, respeito e, acima de tudo, uma sincera e frutífera amizade, para que continuemos a fazer um digno trabalho para a Igreja de Cristo.

Esperamos que, unido a Dom José Francisco e a Dom Alano, nosso Arcebispo Emérito, o senhor os ajude a conduzir estas ovelhas que também lhe foram confiadas.

Deus o abençoe! E que nossa Mãe Auxiliadora interceda sempre por suas necessidades e anseios.         

A Arquidiocese de Niterói o recebe de braços abertos.

Seja bem-vindo!

 Kátia Silva Domas

 

​Irmãos e irmãs,

​Peço licença a D. José e a D. Ricci para, ao final desta tão alegre Celebração, que tanto nos conforta, por termos agora vocês, em comunhão e unidade, a nos guiar, sem nos esquecermos do auxílio de vosso irmão mais velho, nosso Arcebispo Emérito, D. Alano! Que Arquidiocese de sorte! Como o Senhor é bom!

​Mas, neste momento, não poderia deixar de agradecer, em nome de toda a Arquidiocese, a todos aqueles que de alguma maneira colaboraram, não apenas com este dia, mas já desde a ordenação episcopal de D. Ricci, na Diocese de Bauru, que hoje vem aqui com boa representação, nos entregar nosso Bispo, a quem eles tanto amam…

​Agradeço, assim, especialmente: 

AOS FIÉIS DA DIOCESE DE BAURU,

À PRESENÇA DAS AUTORIDADES MUNICIPAIS,

À GUARDA MUNICIPAL / AOS AGENTES DE TRÂNSITO,

A TODOS OS ENVOLVIDOS NA ORGANIZAÇÃO DOS EVENTOS DE ORDENAÇÃO E ACOLHIDA DE D. RICCI:

COMUNIDADE SALESIANA, QUE HOJE NOS ACOLHE,

IGREJA DE SÃO FRANCISCO XAVIER,

  1. DOUGLAS E EQUIPE,
  2. ANTÔNIO PAES,

SEMINÁRIO SÃO JOSÉ,

EQUIPES DE ACOLHIDA E HOSPEDAGEM.

​Obrigado a todos. Que o Senhor os recompense pela ajuda, e lhes dê sempre ânimo e perseverança, para seguir no serviço à sua Igreja e seu povo.

Pe. Carmine Pascale 


Fonte: Discursos originais
Fotos: Luis Marcelo (Arquivo)