15
ABR
2017

“A Cruz é o mirante da Ressurreição”, enfatiza Dom José

Por João Dias
Fotos: Adigar José

vigilia2

Dom José Francisco, Arcebispo Metropolitano de Niterói, presidiu a Vigília Pascal na noite de sábado, dia 15 de abril, na Catedral de São João Batista, Niterói.  Centenas de fiéis acompanharam o momento especial de oração para celebrar a ressurreição de Jesus.

A celebração, realizada em caráter solene, é considerada “a mãe de todas as vigílias”, recordando a noite Santa em que Jesus Cristo passou da morte para a vida.

A Vigília iniciou-se do lado de fora da Igreja e se dividiu em quatro momentos: bênção do fogo, do Círio Pascal, da água batismal e Celebração Eucarística.

O Fogo Novo lembra a fé, a luz e a vida que Cristo nos trouxe e que deve influenciar toda a nossa vida. Com ele, acende-se uma grande vela, o Círio Pascal, que é levado para dentro da igreja e benzido, solenemente.

vigilia1Na homilia, Dom José Francisco lembrou que “Celebramos a Vigília Pascal, a mãe de todas as vigílias. Cantamos a vitória da Vida sobre a morte, da luz sobre as trevas. Alegramo-nos com a presença viva do Amado e Ressuscitado, nessa maravilhosa celebração, rica de simbolismo e de alegria pascal.”

E continuou: “(…) Esse é o chamado que o evangelho nos faz. Maria Madalena e a outra Maria foram ver o sepulcro. E lá recebem a mensagem do anjo: Não tenhais medo! Sei que procurais Jesus, que foi crucificado. Ele não está aqui! Ressuscitou! As mulheres partiram depressa, com medo e com grande alegria, correram para dar a notícia aos discípulos. E no caminho, Jesus foi ao encontro delas, e disse Alegrai-vos! Não tenhais medo. Ide e anunciai a meus irmãos que se dirijam para a Galileia.

“(…) Mas é preciso jamais esquecer do ponto crucial, que eu já disse no domingo passado e repito hoje: o Ressuscitado não foi o Crucificado. O Ressuscitado é o Crucificado. Embora tenhamos visto Jesus morto e sepultado, Ele está vivo. O sinal da morte, em nome da vida, já é vida. A Cruz é o mirante da Ressurreição”.

O Arcebispo concluiu: “(…) Deixemo-nos encontrar pelo Ressuscitado e acolhamos o seu convite: Alegrai-vos! … Não tenhais medo. Ide Anunciar a meus irmãos que se dirijam para a Galileia.”

Ouça a íntegra da homilia do Arcebispo de Niterói:

vigilia4A celebração também contou com o batizado de cinco catecúmenos, na bênção da fonte batismal. Na Vigília Pascal, lembramos e renovamos o nosso batismo. Pelo batismo, morremos e ressuscitamos com Cristo. Mergulhamos nas águas para enterrar todo pecado. Saímos da água para simbolizar que em Cristo iniciamos uma nova vida, renovada e vivida no Espírito Santo. Os catecúmenos também receberam os sacramentos da Eucaristia e Crisma.

Na última parte da Vigília Pascal, há a celebração da Eucaristia, o momento alto desta noite. Bendizemos ao Pai que ressuscitou Seu Filho e nos faz participantes da Sua vitória sobre a morte. Reunidos ao redor da mesa, comemos o pão partilhado e bebemos o vinho, sangue derramado, como convivas, na esperança de um dia participar para sempre da festa do Reino, que um dia será plena e nunca se acabará.

Terminada a celebração, os fiéis voltam para seus lares, levando uma vela, representando a luz de Cristo. Dom José concedeu a bênção e desejou Feliz Páscoa a todos.

vigilia3

vigilia5

 

FacebookTwitterGoogle+PinterestTumblrWhatsAppLinkedInBlogger PostFacebook MessengerEvernoteEmailAOL MailGoogle GmailMySpaceWordPressOutlook.comPrint

Deixe um comentário

*

captcha *